Notícias

00000003811978184273353336186

05/12/2013

Deputado Carlão solicita convocação do diretor da ALL para prestar esclarecimentos na Assembleia

Preocupação deve se ao fato do trágico acidente ocorrido dias atrás em São José do Rio Preto
 
O deputado estadual Carlão Pignatari, membro da Comissão de Transportes e Comunicações, pediu a convocação do diretor presidente da América Latina Logística (ALL), Alexandre de Jesus Santoro, e do diretor de gente e relações institucionais da ALL, Pedro Roberto Oliveira de Almeida, para prestarem esclarecimentos sobre o descarrilamento de vagões ocorrido no último dia 24 de novembro, em São José do Rio Preto.
Nove vagões que transportavam milho descarrilaram e atingiram casas que margeiam a estrada de ferro, derrubando quatro delas, deixando oito pessoas mortas. De acordo com informações da Polícia Civil, morreram uma gestante, uma criança e seis adultos e muitas pessoas ficaram feridas.
Este trágico acidente nos trilhos da Malha Paulista da ALL, em São José do Rio Preto, é um dos mais graves da companhia no país desde seu início de operações, em 1997. A ALL contabiliza um extenso histórico de acidentes nas ferrovias. Em 2010, nove pessoas morreram em um acidente envolvendo um trem e um ônibus no município de Americana. Em novembro de 2011, oito pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em colisão entre um ônibus escolar e um trem de carga, na Argentina, país que a empresa operava até fevereiro deste ano. No mesmo mês, 12 vagões descarrilaram no município de Meridiano e não foi registrada nenhuma vítima. Em janeiro deste ano, o trecho que liga o interior de São Paulo à Baixada Santista, ficou bloqueado por dois dias depois que duas locomotivas e 18 vagões carregados com açúcar e milho também descarrilaram.
Para o deputado Carlão Pignatari, “a presença dos responsáveis pela empresa de trem, será de extrema importância para que possa ser avaliado eventuais descumprimentos com relação à segurança do transporte ferroviário em todo o Estado, pois muitos acidentes com vítimas fatais estão sendo registrados”. 
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp