Notícias

805b111984224f27b19828e07b4e8ecf

01/11/2017

Sabino, Sales e Rubinéia recebem 1ª cota de recursos do programa Município de Interesse Turístico

Deputado Carlão Pignatari apoiou projeto que elevou os municípios como de Interesse

Turismo

 

Sabino, Sales e Rubinéia recebem 1ª cota de recursos

do programa Município de Interesse Turístico

 

Deputado Carlão Pignatari apoiou projeto que

elevou os municípios como de Interesse

 

Os prefeitos das cidades de Sabino, Rubinéia e Sales assinaram, nesta quarta-feira (1º/11), com o Governo do Estado, o primeiro convênio do programa Município de Interesse Turístico (MIT). Essas cidades foram elevadas à condição de Interesse Turístico este ano, através de projeto de lei aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa com total apoio do deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB).

Com a elevação ao MIT, Sabino, Rubinéia e Sales passam a receber, anualmente, R$ 600 mil para investir em infraestrutura para melhorar o setor de turismo.

Sabino é carinhosamente conhecida como “Menina Moça do Vale do Tietê”. A presença do Tietê, já despoluído na região, provoca uma grande movimentação turística. Esportes aquáticos e a pesca são bastante praticados no local. Há, inclusive, uma praia, as margens do rio, onde as pessoas podem nadar com tranquilidade e segurança.

Sales, por sua vez, tem hoje como atrativos três praias de areias naturais: Praia Cervinho, Praia Torres e Praia do Richelieu, o Cemitério dos Esquecidos, um cemitério indígena da tribo guaranis, patrimônio histórico e cultural do município, além de dois grandes empreendimentos no setor hoteleiro: o Resort da Ilha com toda infraestrutura de um resort e uma marina para lanchas, assim como a pousada Baobá que fica às margens da represa e oferece além da marina para acomodações de embarcações, passeios de lanchas na represa. Outro serviço que é oferecido, e já virou atração turística é o Banana Bout, Sky aquático e o Bóia Cross puxado pela lancha.

Já Rubinéia fica às margens do Rio Paraná, na divisa com o estado de Mato Grosso do Sul, município de Aparecida do Taboado. Com o represamento do Rio Paraná e a consequente formação do Lago da Ilha Solteira, abriram-se excelentes perspectivas turísticas para o município. Às margens do lago estão construídos dezenas de ranchos e vários clubes e colônias de férias também já construíram suas sedes. Entre esses destacam-se o Centro do Professorado Paulista (CPP), a Associação dos Servidores Municipais de Rubinéia e Santa Fé do Sul e do Departamento de Estradas e Rodagem (ASDER). Foi construído a aproximadamente um quilômetro da sede da comuna, pela municipalidade local, em convênio com a Secretaria de Esportes e Turismo do Estado, uma praia artificial, que nos finais de semana recebe um grande número de banhistas de diversas partes da região.

“O setor de turismo é um serviço que gera emprego e renda, alavanca a economia da cidade, que recebe muitos visitantes. O Governo do Estado está de parabéns pelo lançamento desse programa, que visa estimular os municípios a se adequarem para receber mais recursos”, destaca o deputado Carlão Pignatari.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp