Notícias

3669e28c49e84ec298e9f917e5427ce8

01/09/2017

Mais dez municípios da região Noroeste Paulista vão se tornar de interesse turístico

Deputado Carlão Pignatari informa que Assembleia Legislativa deverá votar os projetos no próximo dia 5

Dez municípios da região Noroeste Paulista estão aguardando a votação dos projetos, na próxima terça-feira (dia 5/09), pela Assembleia Legislativa, para se tornarem de interesse turístico. São as cidades de Indiaporã, Mira Estrela, Santa Clara d’Oeste, Adolfo, Votuporanga, Cardoso, Riolândia, Jales, Uchoa e Valentim Gentil.

 

Após os trâmites na Casa Legislativa os processos são encaminhados para o órgão técnico da Secretaria de Turismo, que por sua vez já os devolveu para a Assembleia, todos com pareceres favoráveis. “Agora vamos trabalhar para colocar em votação os projetos, na próxima próxima terça-feira”, diz o deputado Carlão Pignatari.

 

Assim que o projeto é aprovado na Assembleia, vai à sanção do governador Geraldo Alckmin e cada uma dessas cidades pode receber anualmente cerca de R$ 550 mil, valor que deverá ser investido em obras e ações destinadas exclusivamente ao setor de turismo.

 

Atualmente, mais de um milhão de famílias vivem do turismo no Estado de São Paulo. Esse número vai crescer com a abertura de novos destinos e a multiplicação de atrativos como monumentos históricos, artesanato, belas paisagens, manifestações culturais, hospitalidade e boa gastronomia.

 

Para receber a classificação de Município de Interesse Turístico, é necessário ter potencial turístico; dispor de serviço médico emergencial e, no mínimo, dos seguintes equipamentos e serviços turísticos: meios de hospedagem no local ou na região, serviços de alimentação e serviço de informação turística; dispor de infraestrutura básica capaz de atender às populações fixas e flutuantes no que se refere a abastecimento de água potável e coleta de resíduos sólidos; possuir expressivos atrativos turísticos, plano diretor de turismo e Conselho Municipal de Turismo.

 

Hoje, São Paulo possui 70 cidades com o título de estâncias voltadas diretamente para o turismo. Até o fim do ano, com a aprovação de todos os 140 MITs, como prevê a Lei, o Estado terá quase um terço dos seus municípios voltados ao turismo.

 

 

“O turismo é um setor que gera muito emprego e renda para a população dos municípios, nas mais diversas áreas, como lazer, negócios, tradições, gastronomia, enfim, alguma coisa que possa atrair pessoas. O governo do Estado tem procurado alavancar o turismo, incentivando as cidades a se redescobrirem e incrementarem suas atividades”, destaca o deputado Carlão Pignatari. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp