Notícias

dbf1f4d89f9945f295833094351cf08c

20/12/2017

Deputado Carlão Pignatari viabiliza novo contrato do FID para reforma da prainha de Cardoso

Secretaria da Justiça vai liberar recursos para que sejam feitas novas licitações

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) viabilizou a aprovação do novo contrato do FID (Fundo de Interesses Difusos) para a reforma e remodelação da Prainha Municipal, denominada Complexo Turístico Leandro Trindade da Silveira.

O contrato junto à Secretaria estadual de Justiça e Cidadania foi refeito pelo prefeito Tucura, que apresentou novo projeto, melhor estruturado, porque o anterior, feito na administração municipal passada, estava totalmente inadequado. O secretário adjunto de Justiça, Luiz Souto Madureira, após várias gestões do deputado Carlão Pignatari, autorizou essa mudança necessária para realizar a abertura de novas licitações para concretizar as obras.

Nesta quarta-feira, o prefeito de Cardoso, Jair César Nattes – Tucura, esteve em audiência com o secretário Luiz Madureira, em companhia do secretário municipal de Turismo, Luiz Gustavo Corrêa, e da chefe de Gabinete, Karina do Carmo. Tucura também se reuniu com Carlão para tratar do assunto.

De acordo com o prefeito, ficou acertado que a publicação da autorização do novo contrato deve sair nos próximos dias no Diário Oficial, liberando a abertura de concorrências.

As obras estão orçadas em aproximadamente R$ 2 milhões, recursos esses oriundos de multas aplicadas a pessoas ou empresas que violam o meio ambiente e outros bens coletivos.

A revitalização da prainha é imprescindível, para que o espaço fique em condições de receber turistas. “É a principal fonte de turismo de Cardoso, portanto temos que adequar para que as pessoas que frequentam o local se sintam bem recebidas”, disse o deputado Carlão Pignatari, que lembrou ainda que Cardoso teve seu projeto de Município de Interesse Turístico aprovado este ano pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo governador Geraldo Alckmin. Com isso, o município passará a receber R$ 600 mil por ano para investir em infraestrutura turística.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp