Notícias

00000000719276073351488748823

26/05/2014

Deputado Carlão Pignatari cobra solução da ALL para trens que impedem passagens nas cidades

Superintendente de Segurança da empresa ferroviária esteve na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (dia 13)
O deputado estadual Carlão Pignatari voltou a cobrar da empresa ALL (América Latina Logística), responsável pelo transporte ferroviário de cargas dos comboios que atravessam a região Noroeste Paulista, uma solução para os trens que impedem as passagens em várias cidades, impedindo que moradores tenham acesso a seus bairros.
Nesta terça-feira (dia 13/05), o superintendente de Segurança e Meio Ambiente da ALL, Evandro Abreu de Souza, esteve na Comissão de Transporte e Comunicação da Assembleia Legislativa, da qual o deputado Carlão é membro. Ele foi explicar sobre o acidente ocorrido no dia 24 de novembro de 2013, em São José do Rio Preto, cujo descarrilamento de vagões provocou a morte de oito pessoas.
Carlão aproveitou a oportunidade para cobrar de Evandro de Souza a busca urgente de uma solução para os trens que ficam parados no perímetro urbano das cidades. O deputado explicou ao superintendente, como exemplo, o caso de Votuporanga, onde os comboios se cruzam. Para que isso ocorra, uma composição tem que aguardar a chegada da outra para evitar colisões na linha férrea. Sendo assim, ressaltou Carlão, os vagões ficam interrompendo a passagem de veículos e pedestres que moram no Conjunto Habitacional Sonho Meu.
De acordo com Carlão, os trens ficam parados de uma a três horas em vários importantes de passagem. Para o deputado, isso tem sido prejudicial, “principalmente porque é o único local que aquela população tem para passar. Se alguém ficar doente e necessitar de socorro urgente corre o risco até de morrer”, alerta.
“As crianças não conseguem chegar à escola, os doentes não pode ir para os hospitais e os que tentam passar entre os vagões podem de ferir”, justificou o deputado Carlão. “E isso não é um problema só de Votuporanga; está ocorrendo em várias cidades da região, inclusive em Rio Preto, onde a linha férrea corta a cidade, passando praticamente no centro”, acrescentou.
O superintendente da ALL prometeu ao deputado que um engenheiro da empresa deverá percorrer a região, até Santa Fé do Sul, para verificar o problema e desenvolver estudos visando buscar uma solução.
“Não podemos mais ficar somente nas promessas, temos que agir e ter uma solução rápida, pois as cidades crescem e a população necessita de agilidade para que suas vidas sigam o caminho normal. Os trens não podem ficar parados nas passagens da população”, cobrou o deputado Carlão Pignatari.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp