Notícias

00000002925778574103148700856

23/10/2012

CPI da Reprodução Assistida prorroga trabalhos por mais 60 dias

Representante do Conselho Federal de Medicina será ouvido nesta quarta-feira

 

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) presidiu reunião na semana passada, na Assembleia Legislativa, dos deputados que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), cuja finalidade é investigar supostas irregularidades praticadas em clínicas especializadas de reprodução assistida no Estado de São Paulo. Na oportunidade, os deputados aprovaram a prorrogação dos trabalhos por mais 60 dias. Foi estabelecido também que as futuras reuniões serão às quartas-feiras, às 11 horas.
Requerimento do deputado Ulysses Tassinari, convidando para comparecer à CPI o responsável pela Câmara Técnica de Reprodução Assistida do Conselho Federal de Medicina (CFM), também foi aprovado. Foi acolhida também a sugestão para que o convidado fosse ouvido já na próxima reunião, que será realizada nesta quarta-feira (dia 17).
O presidente da CPI, Carlão Pignatari, lembrou que o CFM é a última instância que falta ser ouvida, e que depois disso já haverá elementos suficientes para que seja finalizado o relatório final da comissão. Com a prorrogação aprovada, o prazo para o término dos trabalhos passou a ser 13 de dezembro. Também participaram da reunião João Antonio (PT), Célia Leão (PSDB), Ulysses Tassinari (PV) e Luciano Batista (PSB).
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp