Notícias

00000002232933662859824281852

21/09/2011

Carlão participa da apresentação da situação do crack no Estado

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) participou, nesta quarta-feira, dia 21, no Plenário Paulo Kobayashi, da cerimônia de apresentação do levantamento sobre a situação do crack nos municípios paulistas, trabalho realizado nos últimos meses pela Fre

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) participou, nesta quarta-feira, dia 21, no Plenário Paulo Kobayashi, da cerimônia de apresentação do levantamento sobre a situação do crack nos municípios paulistas, trabalho realizado nos últimos meses pela Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas.

Estiveram presentes prefeitos, vereadores, secretários municipais, lideranças comunitárias, representantes de comunidades terapêuticas, de universidades e dos governos federal e estadual.

Segundo o deputado Donisete Braga, coordenador da Frente Parlamentar, 325 municípios responderam o questionário. Nesses municípios concentram-se 76% da população do Estado. “Prefeitos e secretários municipais se envolveram diretamente. Os dados são preocupantes. Será uma contribuição importante da Assembleia ao debate e à construção de estratégias para enfrentar este grave problema de saúde pública que atinge toda a sociedade, indistintamente”.
 
O levantamento, segundo Carlão Pignatari, apontou que o crack avançou nos últimos anos, desbancando as demais drogas ilícitas e atingindo todas as regiões do Estado. Nas audiências públicas que estão acontecendo nas regiões do Estado para discutir o Orçamento, os deputados têm recebido denúncias crescentes sobre o uso do crack em lavouras de cana-de-açúcar, com a conivência e até incentivo das usinas.

O deputado Carlão disse ainda que, de acordo com os dados apresentados pela Frente, dos 325 municípios que responderam o questionário, 12% recebem ajuda financeira do governo federal e outros 5% do governo estadual. A pesquisa ainda indicou a existência de leitos públicos insuficientes para o tratamento hospitalar de dependentes químicos e índice de reincidência superior a 50%.

O parlamentar votuporanguense acrescentou que a Frente vai reivindicar R$ 200 milhões para o combate ao crack e outras drogas na discussão do Plano Plurianual (PPA) do Estado para o quadriênio 2012-2015. “Vamos integrar uma força política, suprapartidária, para buscar recursos e desenvolver programas que possam combater essas drogas que destroem famílias e principalmente de nossos jovens”, concluiu Carlão.

O deputado participou também da entrega do levantamento sobre a situação do crack e outras drogas nos municípios paulistas ao secretário de Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp