Notícias

00000000814540188883994968607

19/08/2015

Carlão defende mais rigor contra bebidas alcoólicas

Em entrevista ao programa "Arena Livre", da TV Assembleia, com o Coordenador da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Antonio Carlos Malheiros, o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) defendeu maior fiscalização qua

Em entrevista ao programa “Arena Livre”, da TV Assembleia, com o Coordenador da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Antonio Carlos Malheiros, o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) defendeu maior fiscalização quanto à venda de bebidas alcoólicas para menores e a venda, em geral, em determinados horários e estabelecimentos.

O deputado discorreu sobre a necessidade de os legisladores atuarem com mais rigor para combater essa doença. Carlão defendeu a abertura de oportunidades de trabalho ao menor aprendiz, para dar formação aos jovens e como forma de desviarem eles dos riscos das drogas e do álcool. “Esses jovens, trabalhando e aprendendo, não teriam tempo para perambular pelas ruas com más companhias e ainda deixariam de ser alvos fáceis dos traficantes”, afirmou.

O desembargador Antonio Carlos Malheiros falou do projeto que o Tribunal de Justiça pretende montar um posto na Cracolândia, no centro da Capital, para definir a internação compulsória de crianças e adolescentes viciados em crack. Pela primeira vez, a Justiça montará um posto com juízes na região para definir o tratamento compulsório de crianças viciadas.

Carlão é integrante da Frente Parlamentar de Combate ao Crack e Outras Drogas e, recentemente, visitou as regiões da Cracolândia em São Paulo. “Foi uma experiência terrível ver pessoas que vivem por um único motivo: consumir drogas. Acredito na força desse projeto do Tribunal de Justiça, que mostra que o Estado está tentando ficar cada vez mais próximo, trabalhando junto e buscando a solução”, diz o deputado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp