Notícias

00000001599146782574125172393

04/04/2013

Para deputado Carlão Pignatari, Cartão Amigo do Idoso resgata cidadania

Governo cria transferência de renda especial para idosos acima de 80 anos, com complementação mensal de R$ 100

 

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) afirmou que o Cartão Amigo do Idoso, lançado pelo governador Geraldo Alckmin nesta terça-feira (dia 26), no Palácio dos Bandeirantes, resgata a cidadania das pessoas da terceira idade. O benefício será destinado aos idosos com mais 80 anos, com renda mensal de até meio salário mínimo.
Aproximadamente 32 mil idosos vão receber o cartão em casa e passarão a receber um auxílio de R$ 100 a partir de maio. A iniciativa, coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, é uma das novas propostas do Programa São Paulo Amigo do Idoso.
Para ter direito ao auxílio, o idoso deve estar registrado no Cadastro Único (CadÚnico) e estar fora dos programas de benefícios individuais, como o Renda Mensal Vitalícia (RMV) ou Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC). 
O Governo do Estado de São Paulo prevê investimentos anuais de R$ 40 milhões na iniciativa e deve atender aproximadamente 32 mil idosos de todo o Estado. 
“Nossa população está envelhecendo e a expectativa de vida aumentou muito. As pessoas passaram a ter uma melhor qualidade de vida e com isso vivem mais, portanto, cabe ao Estado criar mecanismos de proteção e auxílio a essas pessoas, principalmente àquelas que vivem em situação de risco. Esta é uma grande ação do Governo do Estado”, aplaudiu o deputado Carlão Pignatari.
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp