Notícias

00000000345476235056765077909

07/02/2012

Deputado Carlão Pignatari reivindica Polo Regional de Seringueira para a região Noroeste

O deputado estadual Carlão Pignatari esteve nesta segunda-feira (dia 30) na Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) de Campinas

Carlão argumentou que a APTA (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) de Votuporanga já possui técnicos capacitados, considerados, inclusive, os maiores e melhores pesquisadores nessa cultura no Brasil. O deputado acrescentou que os dois polos com maior destaque no cultivo da seringueira no Estado de São Paulo são Votuporanga e Pindorama.


Carlão lembrou que as grandes áreas de produção comercial concentram-se no sudeste asiático e a produção brasileira, ainda que tenha apresentado crescimento nos últimos anos, só responde por 18% das suas necessidades, sendo o restante importado de outros centros produtores, com reflexos negativos na nossa balança comercial.
 

Além disso, a seringueira é uma das plantas que mais sequestram o carbono da atmosfera por meio da fotossíntese no processo de constituição de seu tronco, galhos e folhas, mas principalmente na produção do látex, contribuindo significativamente com a neutralização dos Gases de Efeito Estufa (GEE’s).


Para o deputado, como a região Noroeste Paulista desponta como grande produtora de seringueira, a instalação de um centro de excelência para maior desenvolvimento e oferecimento de tecnologias avançadas aos produtores seria um avanço muito grande para o Estado, principalmente na geração de novas fontes de renda.

 

Microbacias
Ainda com o coordenador da Cati, Carlão solicitou que haja maior agilidade para retomar os trabalhos do programa Microbacias II. Carlão lembrou que o programa de Microbacias busca promover o desenvolvimento rural sustentável, a maior produtividade das unidades produtoras e a redução dos custos, visando melhora na qualidade de vida da população rural. O deputado argumentou ainda que esta segunda etapa tem como objetivo ampliar a competitividade dos pequenos e médios produtores agrícolas, respeitando os princípios de sustentabilidade social, econômica e ambiental.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp