Notícias

0000000140575770980711932077

11/12/2015

Deputado Carlão Pignatari propõe destinação de R$ 9 milhões do orçamento para Hospital do Câncer

Carlão é relator do Orçamento 2016; presidente do hospital reforçou sugestão para que deputados destinem R$ 100 mil cada
O deputado estadual Carlão Pignatari, líder da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, propôs, durante reunião do Colégio de Líderes partidários, na tarde de terça-feira (dia 8/12), a destinação de R$ 9 milhões do orçamento do Estado para o Hospital do Câncer de Barretos. Carlão é o relator do Orçamento 2016 e fez a proposta para garantir o repasse dos recursos.
O Hospital do Câncer tem unidades em Barretos, Jales e Porto Velho (RO). Além disso, o hospital mantém unidades de prevenção e de triagem em Fernandópolis (SP), Juazeiro (BA) e Campo Grande (MS). Recebe cerca de 10 mil novos casos da doença todos os anos. Presta atendimento ambulatorial, oncologia clínica, quimioterapia, radioterapia e diagnóstico por imagem, realiza cirurgias, endoscopia, colonoscopia e exames laboratoriais e preventivos.
Também participou da reunião do Colégio de Líderes, o presidente do hospital, Henrique Prata, oportunidade em que pediu apoio aos deputados para aumentar o repasse de recursos financeiros para a instituição.
Durante o encontro do Colégio de Líderes, Prata reforçou uma sugestão feita pelo deputado Carlão Pignatari, para que cada parlamentar destine uma emenda de R$ 100 mil para o hospital, que Carlão apresentou essa proposta em evento realizado na unidade de Jales, que contou, inclusive, com a presença do governador Geraldo Alckmin. Para Carlão, é muito importante que os deputados estaduais paulistas se conscientizem sobre a necessidade de se destinar recursos para o Hospital do Câncer.
Excelência em oncologia, o Hospital registra 4.100 atendimentos/dia, 100% SUS. Acolhe pacientes de todo o Brasil, com profissionalismo e humanização, o grande diferencial da instituição. O Hospital fechou o ano de 2014 com 740.069 atendimentos realizados a 129.550 pacientes vindos de 1.756 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura. Foram realizados 12.149 procedimentos cirúrgicos, 70.078 quimioterapias, 7 mil refeições servidas/dia e déficit operacional de R$ 11 milhões/mês. Além disso, reúne 380 médicos e mais de 3.500 funcionários.
“Precisamos conscientizar todos os deputados a destinarem emendas para o Hospital do Câncer, porque é uma instituição sem fins lucrativos e cuida de um dos piores males que assola a humanidade. O câncer é uma doença de difícil solução, por isso, são necessários recursos para proporcionar meios de prevenção e o máximo de cura”, avalia o deputado Carlão Pignatari.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp