Notícias

00000005350571431178398193291

27/11/2012

Deputado Carlão Pignatari propõe aumento de recursos para o Hospital Pérola Byington

Deputado foi conhecer centro que presta assistência médico-hospitalar na área ginecológica e reprodução humana

 

 
O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) apresentou proposta para incluir no orçamento do Estado de São Paulo de 2013, que está em discussão na Assembleia Legislativa, para aumentar a verba de R$ 1,8 milhão para R$ 4 milhões, do Governo do Estado, para o Centro de Referência da Saúde da Mulher do Hospital Pérola Byington, de São Paulo. Carlão esteve em visita ao hospital, acompanhado dos deputados Ulysses Tassinari (PV) e Célia Leão (PSDB).
Os parlamentares foram recepcionados pelo Prof. Dr. Luiz Henrique Gebrim, Diretor Técnico de Departamento de Saúde; Prof. Dr. Mário Cavagna, médico especialista em Reprodução Humana; Dra. Nilka Donadio, médica ginecologista e diretora do Núcleo de Embriologia, e o Dr. Artur Dzik, presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana e Diretor de Reprodução Humana do Hospital.
De acordo com o deputado Carlão, o Hospital Pérola Byington é referência nas áreas da ginecologia, reprodução humana e oncologia genital e mamária, para a região metropolitana da Grande São Paulo. Dentre outros objetivos destacam-se seu papel no tratamento do câncer ginecológico e mamário, reprodução humana, planejamento familiar, esterilidade, sexualidade, violência sexual e uroginecologia.
Carlão e os deputados Ulysses e Célia foram informados que, atualmente, são feitos mais de 300 procedimentos por ano com pacientes que desejam engravidar. De acordo com o Dr. Mário Cavagna, cada paciente tem o direito de apenas uma tentativa, sendo que o percentual de sucesso é de 30% das pacientes que conseguem engravidar na primeira vez. “Existe uma demanda de três mil mulheres na fila de espera aguardando sua vez por ano”, explicou.
Acrescentou ainda que “o hospital tem capacidade para suprir a demanda, desde que dobre a verba, ganhando assim a condição de aumentar a equipe médica especializada. Para este procedimento, não recebemos verba do SUS, apenas do Governo do Estado”. O governo federal não repassa nenhuma verba para os procedimentos de reprodução humana no Hospital, embora o SUS gaste muitos recursos com procedimentos de laqueadura e vasectomia. “É uma incoerência, porque gasta-se tanto com pacientes que não querem mais ter filhos e não gastam nada com que sonha em ter uma família, uma mulher que sonha em ter um filho”, critica o deputado Carlão. Para o deputado, “o governo tem a preocupação e gasta também em outras áreas, como cardiologia, cirurgias de cataratas, mama, câncer, etc, mas há muitas mulheres sonham em ter filhos também e a procura e demanda está sendo muito grande, por isso temos que mudar essa situação”, acrescenta o parlamentar tucano.
“O Pérola Byington é um hospital de referência no Brasil, com os melhores profissionais com atendimento de primeira. Fiquei impressionado com toda a estrutura e vamos trabalhar para sejam repassados mais recursos para esse departamento”, disse o deputado Carlão Pignatari.
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp