Notícias

00000000370675252316135407753

25/02/2012

Deputado Carlão Pignatari lança campanha por mais recursos para a Saúde em Votuporanga

De acordo com deputado é preciso coletar 1,4 milhão de assinaturas para apresentação de projeto de iniciativa popular

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) lança, nesta sexta-feira (dia 10), às 17h30, campanha da Frente Nacional por Mais Recursos para a Saúde em Votuporanga. O evento será realizado no Espaço Unifev/Saúde (anexo à Santa Casa) e contará com a presença de autoridades e lideranças da cidade.


Na oportunidade, Carlão vai explicar aos presentes sobre a necessidade de se coletar aproximadamente 1,4 milhão de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular, que propõe o investimento de 10% da receita bruta corrente da União na saúde pública.


A Frente é uma iniciativa da Associação Médica Brasileira (AMB), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Academia Nacional de Medicina, que busca apoio da sociedade civil, através das assinaturas. O deputado Carlão Pignatari foi indicado para representar a Assembleia Legislativa e está responsável pela coleta de assinaturas na região Noroeste Paulista.


Na última quarta-feira, Carlão fez o lançamento do projeto em Santa Fé do Sul e, ao discursar, destacou que “estamos fazendo a nossa parte. A sociedade civil está se organizando para tomar uma atitude que o Congresso Nacional deveria ter tomado”. De acordo com o deputado, o descontentamento deve-se aos 15 vetos à Emenda Constitucional 29, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, no início deste mês.


Carlão explicou que os Estados são obrigados a destinar 12% do seu orçamento; e os municípios, 15%. “Esperava-se que com a PEC 29 a União transferisse 10% da arrecadação, porém o governo vetou e a saúde deixará de receber este ano R$ 35 bilhões”, frisou.


O deputado justificou a iniciativa dizendo que a remuneração as saúde é infinitamente inferior ao valor real. “Por um parto com cesariana e todo o aparato médico o SUS paga apenas R$ 300; um hemograma apenas R$ 4. Isso é um absurdo. Tínhamos uma esperança enorme na PEC 29, mas, infelizmente, não aconteceu”, lamentou.


Conclamando a sociedade a colaborar, Carlão disse: “Temos que fazer um esforço enorme para mostrar ao governo federal que a saúde é prioridade; não podemos deixar faltar recursos. Vamos fazer a nossa parte coletando as assinaturas”, finalizou.
Após o evento desta sexta-feira, será instalado um ponto de coleta de assinaturas na Praça da Matriz. Neste sábado (dia 11) o evento será em Jales, às 11 horas.

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp