Notícias

00000001566289420867314951827

26/07/2013

Deputado Carlão Pignatari é favorável à redução de secretarias do governo de SP

Prazo para desincompatibilização é em abril de 2014, mas, para Carlão, a demora pode atrapalhar a administração
O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) manifestou-se favorável à saída antecipada dos deputados que ocupam cargos de secretários e que desejam disputar as eleições de 2014. O fato foi aventado pelo governador Geraldo Alckmin, que acenou para a possibilidade de mudar o primeiro escalão até dezembro. Hoje, das 25 pastas, oito são comandadas por deputados.
A ideia da antecipação da mudança, anunciada por Alckmin, é devido às manifestações nas ruas ocorridas recentemente e o consequente esforço para enxugar a máquina pública. Alckmin tem anunciado cortes para conter gastos e cobrir despesas, principalmente, com o transporte público, cuja passagem teve seu preço reduzido por causa das pressões das ruas. 
Alckmin, inclusive, teria confirmado que avalia a extinção de pastas, mas não comenta sobre a saída dos secretários. O governador chegou a pedir um estudo sobre o assunto.
Para o deputado Carlão Pignatari, a permanência dos deputados nos cargos de secretários fará com que a administração perca seu ritmo em 2014. “Os novos secretários ocuparão o cargo por um curto período e não terão tempo de implementar seus projetos. Isso, automaticamente, fará com que o governo perca a sequência lógica de trabalho, portanto, sou favorável que os secretários-deputados deixem os cargos o quanto antes”, defende Carlão.
Alguns secretários nessa situação teriam manifestado uma certa contrariedade com a possibilidade da saída precipitada. De acordo com o deputado Carlão, a exoneração desses secretários até agosto ou setembro deste ano daria ao governador a condição de ele fazer uma reestruturação na máquina administrativa, com, inclusive, a extinção de algumas secretarias, “o que não prejudica em nada o exercício de 2014”.
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp