Notícias

0000000340101479876261642091

21/12/2011

Deputado Carlão Pignatari conquista mais quatro Espaços Empresariais para a região

Trabalho desenvolvido pelo deputado estadual Carlão Pignatari junto à Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia resultou na liberação de de mais quatro unidades do Espaço Empresarial para a região Noroeste Paulista.

Trabalho desenvolvido pelo deputado estadual Carlão Pignatari junto à Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia resultou na liberação de de mais quatro unidades do Espaço Empresarial para a região Noroeste Paulista. O Espaço Empresarial foi criado para capacitar mão de obra local e desenvolver técnicas inovadoras de produção, para estimular o empreendedorismo, melhorar a competitividade e gerar mais emprego e renda. As novas unidades serão instaladas em Fernandópolis, Nhandeara, Valentim Gentil e Votuporanga (Zona Norte) — a segunda do município; a primeira funciona desde 2010.

Carlão trouxe a Votuporanga o secretário Paulo Alexandre Barbosa, que anunciou uma série ações para a região. O encontro, no Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo, fez parte do Acelera São Paulo – Encontros para o Desenvolvimento Regional, com lideranças políticas e empresariais.

Entre as ações implementadas pelo secretário, houve a assinatura de um termo de cooperação técnica para estudos sobre a implantação de um futuro Parque Tecnológico, destinado ao fortalecimento da competitividade e da inovação de empresas, em uma área cedida pela Prefeitura de Votuporanga.

Dezoito cidades da região serão beneficiadas pelo programa Via Rápida Emprego, com a criação, no ano que vem, de 1.470 vagas em cursos gratuitos, nas áreas da construção civil, comércio, serviços e indústria, com duração de 30 a 90 dias.

Serão disponibilizados R$ 3,087 milhões para os municípios de Américo de Campos, Cosmorama, Estrela d´Oeste, Fernandópolis, Floreal, Gastão Vidigal, Guarani d´Oeste, Indiaporã, Macedônia, Mira Estrela, Ouroeste, Parisi, Pedranópolis, Pontes Gestal, São João das Duas Pontes, Sebastianópolis do Sul, Valentim Gentil e Votuporanga.

Haverá ainda a liberação de R$ 1,2 milhão para elaboração do Plano de Desenvolvimento Estratégico da Região Noroeste, voltado para as 120 cidades integrantes da Associação dos Municípios da Araraquarense (AMA). A Secretaria vai financiar estudos que definam estratégias para o desenvolvimento integrado nas áreas de piscicultura, turismo, movelaria, fruticultura e agronegócios.

Secretário

O secretário Paulo Alexandre destacou que, com o projeto Acelera São Paulo, o governo se aproxima ainda mais das cidades, o que faz toda a diferença para o crescimento. Falou que as grandes potências econômicas enfrentam um período de extrema diversidade, o que faz com que as indústrias públicas e privadas procurem outros países. Paulo Alexandre disse que São Paulo é a porta de entrada para o crescimento do país.

Para o secretário, o que precisa ajudar o Estado ainda mais a crescer são os incentivos. “Incentivar para avançar”, disse. Esta é a primeira etapa para a instalação do Parque Tecnológico que atenderá a região. Para o secretário, para que o crescimento ocorra é necessário que existam pessoas qualificadas. “É preciso que hajam profissionais qualificados à frente do mercado de trabalho. Portanto, o governo tem ampliado suas instituições de ensino como as Etecs e Fatecs”, disse. Em 2007, 17 mil alunos passaram pela Fatec; neste ano foram 50 mil. Na Etec, em 2007, foram 96 mil; em 2011, 223 mil. Os números são do estado de São Paulo, no geral.

Falou que o grande incentivo do governo à qualificação foi a criação do Via Rápido Emprego, que consiste em um curso preparatório de um a três meses para que a pessoa seja inserida no mercado de trabalho.  No programa, o inscrito recebe uma bolsa-auxílio de R$ 330 para custear estudos e investimentos. “É um incentivo para estudar”, falou.

 “Nenhuma nação cresce sem investimento na educação, e é isso que o governador aposta. Inclusive, em seu discurso de posse, Alckmin disse que ‘nenhum paulista será deixado para trás’”, falou.

A diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, falou sobre os 42 anos de trabalhos da instituição. Disse que tem auxiliado o desenvolvimento do Estado e inserido jovens no mercado de trabalho. Neste período foram mais de 8 mil profissionais capacitados, sendo que nos últimos cinco anos os trabalhos foram ampliados.

Carlão Pignatari disse que Votuporanga deveria receber investimentos palpáveis, notáveis a toda população. Disse que o evento seria a semente plantada para que a cidade recebesse o Centro Tecnológico, além de reforçar seu pedido para a construção do Espaço Empresarial na Zona Norte.

Carlão ainda acompanhou o secretário Paulo Barbosa e a professora Laura Laganá, juntamente com o prefeito Júnior Marão, na Etec Rural. Depois, fizeram uma visita ao Espaço Empresarial, que funciona no bairro da Estação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp