Notícias

0000000299052418984545080307

04/12/2012

Deputado Carlão Pignatari cobra ação concreta de lideranças para salvar santas casas da crise

Deputados e representantes de instituições filantrópicas de várias partes do país participaram de encontro em Votuporanga

 

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) cobrou uma ação concreta das lideranças e representantes das instituições filantrópicas de saúde, para sensibilizar o governo federal a aumentar os recursos destinados à saúde pública. Carlão, como deputado e conselheiro da Santa Casa de Votuporanga, foi o fomentador do encontro realizado nesta segunda-feira (dia 26), no Centro de Eventos de Votuporanga.
O evento reuniu, além de Carlão, os deputados estaduais Itamar Borges e João Paulo Rillo, e os federais Antonio Brito, da Bahia; Jurandir Maciel e Darcísio Perondi, ambos do Rio Grande do Sul; João Dado, Edinho Araújo e Eleuses Paiva, de São Paulo. Também estiveram presentes o prefeito de Votuporanga, Júnior Marão, o provedor da Santa Casa local, Luiz Fernando Liévana, o presidente do Conselho Administrativo do hospital, Nasser Gorayb, dirigentes da Confederação, federações e de santas casas e hospitais filantrópicos.
O movimento cujo tema é Tabela SUS, Reajuste Já! tem como objetivo reverter a difícil situação financeira enfrentada pela maioria das entidades. As principais reclamações são referentes aos valores repassados pelo SUS (Sistema Único de Saúde), que não condizem com a realidade dos procedimentos realizados. Em razão disso, a maioria das santas casas está endividada e sem recursos para continuar prestando atendimento pelo sistema.
“Estamos prestes a perder o patrimônio construído pelas comunidades, com muito sacrifício, para salvar vidas. Precisamos sensibilizar a presidente Dilma Rousseff e mostrar-lhe que os hospitais não têm dinheiro nem para pagar o 13º salário dos funcionários. Não é possível o hospital receber por um parto apenas R$ 300. Se não houver uma ação concreta rápida dos governos federal e estadual vamos enfrentar muita dificuldade num futuro bem próximo no que diz respeito ao atendimento à saúde”, disse o deputado Carlão.
Acrescentou que “é preciso resolver a situação definitivamente, que é o repasse de 100% dos valores correspondentes aos procedimentos. Hoje, a Saúde está vendendo seu produto por apenas 50% do valor”, ressaltou. 
 
Decisão
Após vários pronunciamentos e debates, ficou decidido que os deputados federais e presidentes da Confederação das Santas Casas e de Federações estaduais vão tentar um encontro com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a quem será entregue um documento elaborado nesta segunda-feira.
No documento consta a reivindicação do aumento do repasse do SUS em 100% e um estudo sobre o endividamento das instituições. Muitas devem impostos e INSS atrasados, portanto, querem uma anistia, além de recursos para cobrir as dívidas com instituições bancárias. Ficou decidido ainda que no dia 12 de dezembro haverá uma nova reunião, desta feita em Brasília, para sensibilizar o governo federal a liberar recursos para que haja condições de se pagar o 13º dos funcionários. 
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp