Notícias

00000001528587676328060614494

16/11/2011

Deputado Carlão e prefeito Júnior Marão buscam recursos para Arena Multiuso

O deputado Carlão Pignatari (PSDB) agendou audiência do prefeito Júnior Marão com diretores da Agência de Fomento Paulista / Nossa Caixa Desenvolvimento para apresentar projeto de construção de uma Arena Multiuso em Votuporanga.

O deputado Carlão Pignatari (PSDB) agendou audiência do prefeito Júnior Marão com diretores da Agência de Fomento Paulista / Nossa Caixa Desenvolvimento para apresentar projeto de construção de uma Arena Multiuso em Votuporanga. Carlão e Marão estavam acompanhados do secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jorge Augusto Seba.

 

Os votuporanguenses foram recebidos pelo diretor executivo da Agência, Milton Luiz de Melo Santos, pela superintendente de gestão de fomento, Ana Maria Gava Santiago, e pelo gerente de crédito público, Pedro Leitão Magyar.

 

De acordo com Carlão, foi um primeiro contato, oportunidade em que as autoridades municipais apresentaram projeto para a construção da Arena. O secretário Jorge Seba informou que, inicialmente, a intenção é de se construir uma quadra poliesportiva na área onde será o Complexo Esportivo, na Cidade Universitária, Zona Norte da cidade.

 

Segundo o deputado, a Prefeitura deverá preparar tudo para que os diretores da Agência de Fomento venham a Votuporanga, no início de dezembro, para fazer uma explanação geral sobre as linhas de financiamento e atuação. A Agência de Fomento atende também as pequenas empresas do Estado de São Paulo com faturamento anual entre R$ 240 mil e R$ 100 milhões.

 

Seba disse que deverão ser convidados para o encontro prefeitos e empresários de toda a região para assistir à exposição. De acordo com ele, a cidade vai apresentar um projeto, que passará por todo um processo de análise e aprovação. “Acredito que em 2012 já poderemos começar as obras”, disse o secretário Jorge Seba.

 

Financiamentos

 

Entre as linhas oferecidas pela Agência está o FIP (Financiamento ao Investimento Paulista), que é uma linha de financiamento voltada para projetos de implantação, ampliação, modernização da capacidade produtiva, inovação e desenvolvimento tecnológico, meio ambiente e à eficiência energética para indústrias, comércio, agroindústrias, prestadoras de serviços e cooperativas de produção paulistas. A linha FIP oferece taxa de juros de 0,65% ao mês, mais correção pela IPC-FIPE , com prazo de até 120 meses, incluindo a carência.

 

Também tem o Linha Economia Verde, que financia projetos das pequenas e médias empresas que proporcionem a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa no meio ambiente. O objetivo desta linha é financiar projetos dos diversos setores produtivos da economia paulista que proporcionem a redução das emissões de gases de efeito estufa de acordo com as metas estabelecidas pela Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC) – Lei 13.798. A taxa de juros é 0,49% ao mês, corrigida pelo IPC-FIPE, com prazo de até 120 meses e carência máxima de 24 meses.

 

Para o setor público, a Agência de Fomento Paulista oferece linhas de crédito focadas na melhoria da infraestrutura urbana, agregando valor aos setores sensíveis da economia. Os projetos visam a implantação, ou ampliação, da malha viária, da infraestrutura industrial, de centros de comercialização ou distribuição agropecuária e o desenvolvimento de arenas para eventos esportivos, econômicos, culturais e sociais, sempre alinhado com as questões que envolvem o meio ambiente, havendo uma linha específica para atendimento sócio ambiental.

 

A Agência também opera com linhas de financiamento do BNDES para os municípios do Estado de São Paulo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp