Notícias

WhatsApp-Image-2021-11-22-at-15.00.35

29/09/2021

Carlão Pignatari conquista recursos para mais de 1 mil moradias em 17 cidades do noroeste paulista

Anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo governo estadual; programa habitacional prevê investimentos de R$ 1,1 bilhão no Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Carlão Pignatari, garantiu uma importante conquista para o noroeste paulista: recursos para a construção e aquisição de moradias populares. Serão 1.063 unidades em 17 municípios, sendo 984 casas e 79 cheques de até R$ 40 mil para ajudar na aquisição de habitações para as famílias credenciadas.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (29/9) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, pelo governador João Doria. No Estado de São Paulo, serão destinados R$ 1,1 bilhão para 10.519 em 87 municípios. A medida vai garantir casa própria para a população, além de gerar emprego e renda a milhares de famílias dos trabalhadores da construção civil.

“Esse é um dos maiores programas habitacionais do Estado de São Paulo. Além de garantir a casa própria para as famílias de baixa renda, a medida vai ajudar na retomada da economia, com a contratação de trabalhadores da construção civil, prestadores de serviços, entre outros. É emprego e dinheiro no bolso dos paulistas, e a garantia de comida na mesa”, disse Carlão Pignatari.

“Só na região noroeste paulista serão mais de 1 mil famílias de baixa renda contempladas, que passarão a ter um teto, moradia digna, segurança, higiene sanitária e a certeza de um lugar seu, que ninguém pode tirar. Tenho orgulho de poder participar desta conquista. É o governo do Estado e a Alesp trabalhando pelo desenvolvimento do Estado por uma vida melhor para a população”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa paulista.

As casas serão construídas em conjuntos habitacionais, com financiamento dos imóveis que seguem os critérios da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano) e as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Outras moradias terão valor reduzido, com cotas específicas para residentes em áreas de risco e famílias que recebem auxílio aluguel municipal. Os cheques de até R$ 40 mil são destinados a famílias com renda mensal de até três salários mínimos.

QUANTIDADE DE MORADIAS POR CIDADES:

BADY BASSIT – 115 casas + 79 cheques para aquisição de moradia
BÁLSAMO – 20 casas
CASTILHO – 128 casas
COSMORAMA – 54 casas
ESTRELA D’OESTE – 53 casas
GENERAL SALGADO – 70 casas
ICÉM – 140 casas
INDIAPORÃ – 10 casas
JOSÉ BONIFÁCIO – 18 casas
NOVA INDEPENDÊNCIA – 30 casas
PEDRANÓPOLIS – 48 casas
PLANALTO – 83 casas
RUBINEIA – 60 casas
SALES – 20 casas
SANTA FÉ DO SUL – 52 casas
TURMALINA – 26 casas
UNIÃO PAULISTA – 57 casas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *