Notícias

00000000930925662738342769345

02/04/2014

Câmara de Três Fronteiras aprova Moção de Apoio a projeto do deputado Carlão Pignatari

Projeto exige curso superior para o ingresso nas carreiras de Agente de Telecomunicações e Papiloscopista Policial
A Câmara Municipal de Três Fronteiras aprovou Moção de Apoio ao projeto de lei de autoria do deputado Carlão Pignatari, que trata da exigência de curso superior para ingresso nas carreiras de Agentes de Telecomunicações Policial e Papiloscopista Policial. A iniciativa partiu do presidente da Câmara, Lindomar Manoel Joaquim. 
Em sua justificativa ao projeto de lei nº 47, de 2013, o deputado Carlão Pignatari explica que “ao longo de muitos anos na história da Policia Civil, quatro carreiras sempre caminharam em igualdade de condições sob todos os aspectos e benefícios que conquistavam. Entretanto, no ano de 2008, foi promulgada a Lei Complementar nº 1067/08, que tornou obrigatória exigência de nível universitário para o ingresso nas carreiras de Escrivão e Investigador de Polícia, preterindo as carreiras de Agente de Telecomunicações Policial e de Papiloscopista Policial”.
Segundo Carlão, as carreiras foram regulamentadas, porém “os Papiloscopistas Policiais e os Agentes de Telecomunicações Policiais não foram incluídos na proposta apresentada pelo governo, deixando de reconhecer a incontestável importância dessas duas carreiras para o funcionamento da Polícia Civil”.
Para o deputado, “a valorização dessas carreiras irá promover mais motivação, dinamismo e energia à atividade prestada por esses profissionais. Tenho certeza de estar contribuindo pela otimização do brilhante trabalho já realizado pelos Agentes de Telecomunicações Policiais e Papiloscopistas Policiais do Estado de São Paulo. Estou empenhado na aprovação do projeto dentro da Assembleia Legislativa”, conclui o deputado Carlão Pignatari. 
 
 
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp