CARLÃO PIGNATARI PARTICIPA DO ANÚNCIO DE 11 POLOS DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO EM SÃO PAULO

Medida vai beneficiar o Noroeste Paulista


Publicado dia 24 de maio, 2019 / Publicação com 0 comentário(s)

Nessa quinta feira (23), o Líder do Governo João Doria na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari, participou, ao lado do governador e da equipe de secretários, do anúncio da criação de 11 polos de desenvolvimento econômico com benefícios para a indústria.

“É uma medida para a geração de emprego e renda para o cidadão paulista por meio do incentivo ao setor produtivo com condições para a produção, criação e geração de melhores condições de trabalho. Em São Paulo a prioridade é gerar empregos”, destacou o deputado Carlão Pignatari.

Os polos formados que receberam incentivos são: Saúde e Farma; Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos; Automotivo; Químico; Borracha e Plástico; Derivados do Petróleo e Petroquímico; Biocombustíveis; Alimentos e Bebida; Têxtil, Vestuário e Acessórios; Couro e Calçados, Tecnologia e Eco Florestal.

O objetivo do programa é o aumento da produtividade da indústria para atrair investimentos, inovação e geração de empregos e renda com políticas para determinado setor produtivo em todas as regiões do Estado.

Os benefícios vão de acordo com as necessidades de cada setor, podendo ser: fiscal e regulatório, financiamento, P&D e Tech, Qualificação de mão de obra (cursos especializados oferecidos nas Fatecs e Etecs), Infraestrutura e Serviços, Ambiente de negócios e Desburocratização.

 DESENVOLVIMENTO PARA O NOROESTE

O Noroeste Paulista também vai receber os reflexos positivos da medida. São José do Rio Preto vai ser sede de um polo industrial de biocombustíveis.

“É o desenvolvimento econômico chegando à região para melhorar a qualidade de vida do cidadão por meio da garantia de emprego e renda”, ressaltou o deputado Carlão.

CONHEÇA TODAS AS REGIÕES DO ESTADO BENEFICIADAS

  1. Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos: Campinas, Piracicaba, Ribeirão Preto;
  2. Alimentos e Bebidas: Marília, Bauru, São Carlos, Barretos, São Paulo e Região Metropolitana, Piracicaba, Campinas;
  3. Automotivo: Sorocaba, Campinas, Piracicaba, ABC, Alto Tietê, São Paulo e Região Metropolitana, Vale do Paraíba;
  4. Biocombustíveis: Barretos, São José do Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente;
  5. Couro e Calçados: Franca, Bauru, Araçatuba
  6. Derivados de Petróleo e Petroquímico: Baixada Santista, Piracicaba, Bauru, São Paulo, Alto Tietê, Vale do Paraíba;
  7. Eco Florestal: Vale do Ribeira;
  8. Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos: Ribeirão Preto, Central, Piracicaba, Sorocaba, São Paulo, Alto Tietê, Vale do Paraíba;
  9. Químico, Borracha e Plástico: Baixada Santista, São Paulo e Região Metropolitana, Campinas, ABC, Alto Tietê, Vale do Paraíba;
  10. Saúde e Farma: Ribeirão Preto, Campinas, São Paulo e Região Metropolitana, Alto Tietê;
  11. Têxtil, Vestuário e Acessórios: São Carlos, Itapetininga, Sorocaba, São Paulo e Região Metropolitana, Vale do Paraíba.

 

  • Imagem

    Veja todas as publicações do: , Comunicação.

Deixe um Comentário


INSTAGRAM