Carlão Pignatari tranquiliza população sobre duplicação da Euclides da Cunha

Tanto o DER quanto a Secretaria de Transportes do Estado e o Governo de São Paulo garantiram que obra será executada em toda sua extensão.


Publicado dia 21 de março, 2011 / Publicação com 0 comentário(s)

O deputado Estadual Carlão Pignatari afirmou que não há possibilidade alguma de as obras de duplicação da rodovia Euclides da Cunha não serem feitas. Ele esteve esta semana em São Paulo reunido com diversos órgãos do governo do Estado cobrando explicações sobre o início das obras. Tanto o DER (Departamento de Estrada e Rodagem do Estado) quanto a Secretaria de Transportes do Estado deram a garantia de que obra será executada em toda sua extensão.

Preocupado com o desfecho das informações desencontradas na região, sobre a duplicação e mesmo não tendo sido empossado, Carlão Pignatari esteve averiguando de perto todas as etapas de duplicação da Euclides.

Segundo informações obtidas pelos órgãos competentes, todo o processo da obra está em andamento e sairá conforme anunciado pelo governo “O que houve, na verdade, foi um atraso no pedido de licenciamento da obra. Faz parte do processo burocrático o cumprimento de alguns critérios técnicos, mas a população pode ficar tranqüila que a obra será realizada”, esclarece Carlão.

Na tarde de ontem (27/01), chegou ao DER e a Secretaria de Transportes do Estado os últimos detalhes técnicos exigidos para o licenciamento de instalação da obra, como por exemplo, o levantamento das áreas que serão desapropriadas efetivamente. “Não ficou estabelecida a data, mas ficou a garantia de que o governo de Geraldo Alckmin cumprirá o compromisso com nossa região”, reforça Carlão pedindo mais uma vez paciência, tranqüilizando a população.

As empresas estão finalizando o licenciamento dos canteiros da obra preparando para última etapa: o licenciamento de instalação para dar início a obra.

Reivindicação

Em entrevista, o deputado manifestou sua indignação quanto ao atraso, no entanto, destacou os entraves que ocorreram, principalmente, com a mudança do novo governo. “A duplicação será uma das maiores e mais importantes obras da nossa região. Além de reduzir o índice de acidente com vítimas fatais, dará maior mobilidade aos motoristas, levando desenvolvimento econômico e social para região”,

Deixe um Comentário


INSTAGRAM