Deputado Carlão e lideranças de Guaratinguetá conseguem apoio para reativar Pronto Socorro

Pronto Socorro será em um prédio da Segurança, mas Delegacia de Polícia deve ir para imóvel da Secretaria da Educação


Publicado dia 21 de junho, 2017 / Publicação com 0 comentário(s)

O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) acompanhou diversas lideranças da Estância Turística de Guaratinguetá, na manhã desta terça-feira (06/06), em audiência com o secretário de Estado da Educação, José Renato Nalini. Estiveram presentes o prefeito Marcus Augustin Soliva, o vereador Marcelinho da Santa Casa, o assessor parlamentar Bruno Santos.
Eles foram solicitar autorização do secretário Nalini para utilização de um prédio pertencente à Secretaria da Educação, localizado em Guaratinguetá, para concretizar a instalação de um Pronto Socorro na cidade.
O vereador Marcelinho apresentou ao secretário um documento explicando todo o processo. De acordo com o vereador, o ex-prefeito da cidade, com o intuito de ampliar o atendimento, firmou um acordo com o Hospital e Maternidade Frei Galvão, entidade privada, que acabou tirando o PS da Santa Casa, levando-o para suas dependências. “Contudo, essa parceria não atende mais a demanda do município pelos serviços de saúde e do pronto atendimento”, acrescenta. 
Segundo o vereador, o Pronto Socorro é utilizado pelos moradores da cidade e também das cidades circunvizinhas, como Aparecida, Potim, Lorena, etc., o que gera grande demanda de recursos financeiros, humanos e estruturais.
A proposta para que o PS volte à responsabilidade do município, é que seja instalado nas dependências ou próximo a um hospital. O vereador explica que a Santa Casa está alojada próxima de um prédio pertencente à Segurança Pública, onde funciona o 1º Distrito Policial e da Delegacia da Mulher, local que seria ideal para o Pronto Socorro.
As lideranças da cidade, juntamente com o deputado Carlão Pignatari, estiveram em audiência com o secretário adjunto da Segurança Pública, Sérgio Turra Sobrane, no dia 11 de abril. Naquela Secretaria ficou acertado que o prédio seria cedido, desde que o município conseguisse um local para a instalação dos órgãos da Segurança Pública.
“Deste modo, verificamos a possibilidade de instalar o distrito policial em outro prédio pertencente também ao Estado, o qual está vinculado à Secretaria da Educação, ... que já abrigou a Escola Estadual Embaixador Rodrigues Alves, e que está subutilizado, funcionando apenas como um braço administrativo da Diretoria de Ensino”. Para o vereador Marcelo da Santa Casa, o local é bastante estruturado, passou por reformas recentemente, e seria ideal para a Delegacia de Polícia. 
Sensibilizado com os apelos do deputado Carlão Pignatari e também das lideranças de Guaratinguetá, o secretário Nalini afirmou que entende que não teria problema em ceder o imóvel e que o pedido é viável. Disse que iria passar para o setor responsável para dar encaminhamento aos trâmites legais.
Para Carlão, as tratativas se alongaram um pouco, porém “chegou-se a um bom termo, todos entenderam a necessidade das adequações para que o Pronto Socorro volte a funcionar normalmente em Guaratinguetá e prestar atendimento digno à população”, concluiu o deputado.
 

Deixe um Comentário


INSTAGRAM