Ministro da Saúde deverá autorizar Hospital de Ensino na Santa Casa de Votuporanga

Reivindicação foi feita pelos deputados Carlão Pignatari e Fausto Pinato e lideranças da cidade


Publicado dia 13 de dezembro, 2017 / Publicação com 0 comentário(s)

Saúde/Educação

 

Ministro da Saúde deverá autorizar Hospital de Ensino na Santa Casa de Votuporanga

 

Reivindicação foi feita pelos deputados Carlão Pignatari e Fausto Pinato e lideranças da cidade

 

A Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga será transformada em Hospital de Ensino. A autorização deverá acontecer no primeiro semestre de 2018, pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, por solicitação dos deputados federal Fausto Pinato (PP) e estadual Carlão Pignatari (PSDB). Eles estiveram em audiência com o ministro nesta quarta-feira (13/12), em Brasília.

Assim, será ampliada a parceria da Unifev e Santa Casa, que já mantêm o curso de Residência Médica no hospital. Além disso, serão ampliados os repasses financeiros para a instituição de saúde, cujos atendimentos atingem cerca de 60% de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).

Hospital de Ensino é uma instituição com condições para o atendimento de pacientes portadores de problemas de alta complexidade, formação de profissionais em cursos de graduação, pós-graduação e tecnológico na área da saúde e desenvolvimento de tecnologias, devendo estar inserido e integrado em rede aos outros serviços, pautados nos princípios e diretrizes do SUS.

Acompanharam a audiência com o ministro, em Brasília, ao lado dos deputados Pinato e Carlão, o prefeito de Votuporanga, João Dado; o provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Goes Liébana; o presidente da Fundação Educacional (FEV), Celso Luiz Alves dos Santos; o reitor da Unifev, Rogério Matarucco; o ex-prefeito Junior Marão, os vereadores Daniel Davi e Mehde Meidão Slaiman Kanso; o diretor administrativo da Santa Casa, Angelo Bimbato; e o coordenador do curso de Medicina da Unifev, o médico Mauro Esteves Hernandes.

Além de beneficiar a Santa Casa, a condição de Hospital de Ensino ainda proporciona um passo rumo ao credenciamento do curso de Medicina da Unifev, que está na sua sexta turma, em condição de estágio probatório. A primeira turma do curso forma-se no final do primeiro semestre de 2018.

Para atingir o estágio do credenciamento, o curso ainda desenvolve diversas ações voltadas à comunidade, com atendimento em várias especialidades gratuitamente. Uma das ações é o sistema de Internato, estágio do curso de Medicina, que acontece durante os últimos quatro semestres da graduação, em instituições de saúde parceiras da Instituição, principalmente nas UBS (Unidades Básicas de Saúde). Sob a orientação de docentes e médicos preceptores, os universitários têm a oportunidade de aprender a profissão na prática, aplicando assim, todo o conteúdo trabalhado em sala de aula.

Os deputados ainda solicitaram ao ministro o repasse mensal de R$ 500 mil mensais para o setor de neurocirurgia da Santa Casa de Votuporanga, perfazendo R$ 6 milhões anuais. Neurocirurgia é a especialidade médica que se ocupa do tratamento de doenças do sistema nervoso central e periférico, tais como hidrocefalia, tumores, doenças vasculares, degenerativas, traumas crânio-encefálicos e lesões raqui-medulares.

O ministro assinou o protocolo do pedido, porém destacou que o Autorizo final desses recursos é feito somente pelo presidente da República. Por possuir um relacionamento estreito com o presidente Michel Temer, o deputado Fausto Pinato adiantou que levaria o pedido pessoalmente a ele.

Para o deputado Carlão Pignatari, foi uma audiência muito produtiva, que “resultou em conquistas, não só para Votuporanga, mas para toda a região, uma vez que a Unifev e a Santa Casa atendem a população de muitos municípios”.

  • Imagem

    Veja todas as publicações do: , Comunicação

Deixe um Comentário


INSTAGRAM